Página inicial > Regional > T > Teixeirinha > Tiro de Laço

Tiro de Laço

Teixeirinha

Warner 25 Anos: Gaúcho da Fronteira & Teixeirinha


Eu esses dias agarrei o meu laço
Me preparei pra dançar num fandango
Botei meu traje novo de gaúcho
E montei no baio de espora e mango

Neste rodeio de china bonita
Uma armada grande no laço aprontei
Cerrei no canto uma dúzia de prendas
E a mais bonita que tinha eu lacei
Cerrei no canto uma dúzia de prendas
E a mais bonita que tinha eu lacei

(“Sendo bonita não escapa da presilha do meu laço! ”)

E neste tiro de laço que eu dei
A meia espada lacei a morena
Dançou de par toda a noite comigo
No seu ouvido eu chorava sem pena

No fim do baile eu desatei o laço
E ela disse, não desate não
Tu me laçaste, gaúcho me leva
Pra invernada do teu coração
Tu me laçaste, gaúcho me leva
Pra invernada do teu coração

(“Vem montar na garupa! ”)

Mas os parentes da moça por perto
Ouviram ela pedindo para vir junto
Já me pularam de espada e revólver
E eu já senti o cheiro de defunto

Botei pras costas minha linda china
Arranquei do trinta e do meu facão
Dei uns estouros e foi tudo pro mato
E furei a bala o forro do salão
Dei uns estouros e foi tudo pro mato
E furei a bala o forro do salão

Eu trouxe a china pra morar comigo
Na invernada dentro do meu peito
Me faz carinho e enche o chimarrão
Coisa de china linda e de respeito

Pelo civil e pelo religioso
Nós se casemo pra viver em paz
Agora eu tenho quem me compreende
Guardei o laço e não pealo mais
Agora eu tenho quem me compreende
Guardei o laço e não pealo mais

(Pedro Paulo Mariano - Santa Maria da Serra-SP)

Letra enviada por Pedro Paulo Mariano

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Teixeirinha no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS