Galileu

Tatiana Costa

Faça Diferença 2


Quando eu era criança
Mamãe me contou a história
Da mulher que sofria de um mal
Sem solução
Falavam que ela era imunda
E dela ninguém tinha compaixão
Vivia como o intocavél
E na solidão

(Coro)
Mas quando ela ouviu falar
Do homem Galileu
Dos milagres que ele fizera em nome de Deus
Se apertou em meio a multidão
E conseguiu
Tocar o manto com suas mãos
Sua fé a salvou e uma nova vida começou

Às vezes eu olho
Pra dentro de mim
E percebo
Que entre eu e
Aquela mulher
Não há distinção
Por pecados me tornei intocavél
Impuro é o meu coração
às vezes acho que a vida não tem mais razão

(Coro 2)
O meu desejo é estar
No meio da multidão
Tocar no manto do galileu
Com minhas próprias mãos
O seu poder vai além da razão
Pode tornar
Limpo e puro o meu coração
Foi capaz de doar
A própria vida para a me salvar
Foi capaz de doar
A própria vida para a me Salvar !

Deus foi capaz de doar
A própria vida para me...

Salvar...

Compositor: José Carlos Costa

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Tatiana Costa no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS