Página inicial > Rap > T > Tássia Reis > Calma Preta

Calma Preta

Tássia Reis

Tássia Reis


Eu tô ansiosa feito carros e motos e caminhões
Em vias, em curvas, buracos, imperfeições
De fato, a cada dez segundos mil indagações
Me faço ao ver que meu pedaço se tornou milhões de mim
Meus estilhaços vão rumo a pequim
Fazendo baldeação na estação da sé, é!
As 6h o mar de gente não tem fim, sim

Me misturo sublime nua
Frequentada pela dor, temperada por calçada e rua
A luz da lua eu sei, na noite escura é cada um na sua
Mas aqui perpetua nós, nó não se desfaz
Grito: "é uma só voz! ", atroz ou doce
Bem antes quisera que fosse
Só peço paz pra alma, me clamo por

Calma, preta
Calma, preta
Calma, preta
Calma, preta
Calma, calma

Calma, preta
Calma, preta
Calma, preta
Calma, calma
Calma, calma

Eu tô aprendendo a me dar com a paciência
Sendo submetida a um teste de sobrevivência
Tô vendo no lodo uma essência
Nessa selva bruta, feia, bela e sem coerência
Me traz a beleza de uma transparência
Enquanto essa feiura me remete a uma inconsitência
Essa mistura traduz, minha existência reluz
A tudo que me propus entender em vão

Já que todos são um e um cabe na palma da minha mão
Mas foge, foge enquanto durmo, sem pista de seu rumo, sem
Marcar o caminho com pão, me arrumo nessa condição de pressa
Não fiz promessa, mas rezei à beça pra ser
Mais uma dentro dos bonde que é sauna
Por fora eu me grito, por dentro eu me peço

Calma, preta
Calma, preta
Calma, preta
Calma, preta
Calma, calma

Calma, preta
Calma, preta
Calma, preta
Calma, calma
Calma, calma

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Tássia Reis no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS