Página inicial > Rap > T > Tarja-preta > Audácia

Audácia

Tarja-preta


Força determinação
Várias noites em claro
Revezando o meu trabalho
Preta-Rara e os aliados

O que conquistei
O que concretizei
São resultados das barreiras que eu e mesmo quebrei

Sou fruto daqui coração, corpo mente e alma
Espirito nativo a flora e a fauna
Quebro concreto, não sou objeto
Tenho palavras pra romper demais o meu dialeto

Guerreira, Brasileira, minha arma o microfone
Munição papel, caneta e o meu fone
Quem quiser parar fique ai
Eu vou me adiantar!
Sempre tive força de vontade pra continuar

Mantenho a pulsação, sana e sadia
Não quero miséria
Panela vazia
Orgulhosamente rimando com sentimento
Preta-Rara agradece a todos 100

Lutei, lutei
E não desacreditei
Lutei, lutei (Refrão)
E não desacreditei
Preta-Rara está aqui
Mais uma vez pra dizer que
Lutei!

Chegando com esforços
Quem não quer fica pra atrás
Porque (não dá)
Eu sei que nessa vida posso muito mais
Rap Nacional, Feminino Original, Litoral de Sampa
A garganta que não tranca
Pra mim
Quem me conhece tá ligado no que eu falo
Minha caminhada é de alma
Não é embalo

Vida sofrida
Mas nunca fui iludida
Com coragens e com os pés no chão
Não me abalo com qualquer ferida

De família forte
Os Fernandes são a minha base
Sempre me apoiaram
Até mesmo na simples frase

As necessidades que passamos foram aprendizados
Minha mãe Helena, meu pai Jairo
Sempre do meu lado

E quem foi que disse que sonho
Não se realiza
Cheguei pra provar
Que o abstrato se materializa

Acumulo prêmios, circunstância e situação
Sou Assistente dos heróis pra derrotar vilões
Preta-Rara, rara rima
Pra evitar a fadiga
Não cuspa pro alto
E acredite porque, Deus castiga
Longe de mim
Querer o mal pra quem não corre atrás
Estar estagnado e o bastante e não precisa mais
Cada um faz a sua caminhada
Seja boa ou má
Só não dou mole, pra qualquer um vir me atrasar
Sei que nessa estrada tem serpentes rastejantes
Gente peçonhenta que te observa a todo instante
Que não adianta e odeia o seu sucesso
Tá de choradeira há 30 anos
E só vejo regresso
Dizendo que o Rap, precisa de união
Ai, isso né açúcar, não ajuda ninguém não
Fazendo a sua parte cada um
Alvo na Missão

A salvação é individual, já diz a bíblia Jão
Se quer fama, comece engatinhar rapaz
Pegue o seu orgulho sai vazado
E até nunca mais
Lutei, lutei
E não desacreditei
Lutei, lutei (Refrão)
E não desacreditei
Preta-Rara está aqui
Mais uma vez pra dizer que
Lutei!

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Tarja-preta no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS