• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Encontrou algum erro na letra ou tradução? Colabore com a gente clicando nas frases abaixo ou enviando uma correção completa »
    Needles
    I cannot disguise
    All the stomach pains
    And the walking of the canes
    When you, do come out
    And you whisper up to me
    In your life of tragedy

    But I cannot grow
    Till you eat the last of me
    Oh when will I be free
    And you, a parasite
    Just find another host
    Just another fool to roast

    Cause you
    My tapeworm tells me what to do
    You
    My tapeworm tells me where to go
    Pull the tapeworm out of your ass, Hey
    Pull the tapeworm out of your ass, Hey
    Pull the tapeworm out of your ass, Hey
    Pull the tapeworm out of your ass, Hey

    I cannot deny
    All the evil traits
    And the filling of the crates
    When you (you) , do come out (out)
    And you slither up to me
    In your pimpin majesty

    But I cannot grow
    Till you eat the last of me
    Oh when will I be free
    And you, a parasite
    Just find another host
    Just another stool to post

    Cause you
    My tapeworm tells me what to do
    You
    My tapeworm tells me where to go
    Pull the tapeworm out of your ass, Hey
    Pull the tapeworm out of your ass, Hey
    Pull the tapeworm out of your ass, Hey
    Pull the tapeworm out of me

    I'm sitting in my room
    With a needle in my hand
    Just waiting for the tomb
    Of some old dying man
    Sitting in my room
    With a needle in my hand
    Just waiting for the tomb
    Of some old dying man?

    You
    My tapeworm tells me what to do
    You
    My tapeworm tells me where to go
    Pull the tapeworm out of your ass, Hey
    Pull the tapeworm out of your ass, Hey
    Pull the tapeworm out of your ass, Hey
    Pull the tapeworm out of your ass, Hey
    Hey, Hey, Hey, Hey
    Revenge!
    Agulhas
    Eu não posso disfarçar
    Todas as dores de estômago
    E todas as caminhadas das bengalas
    Quando você sair
    E cochichar para mim
    Na sua vida de tragédias

    Mas eu não posso crescer
    Até você comer o resto de mim
    Oh quando serei livre
    E você, um parasita
    Só ache outro convidado
    Só outro idiota para zombar

    Porque você
    Minhas lombrigas me dizem o que fazer
    Você
    Minhas lombrigas me dizem onde ir
    Puxe as lombrigas para fora do seu cú, hey
    Puxe as lombrigas para fora do seu cú, hey
    Puxe as lombrigas para fora do seu cú, hey
    Puxe as lombrigas para fora do seu cú, hey

    Eu não posso negar
    Todos os tracós do mau
    E as limagens dos engradados
    Quando você (você) , sair (sair)
    E você deslizar por mim
    Em sua majestade de cafetão

    Mas eu não posso crescer
    Até você comer o resto de mim
    Oh quando serei livre
    E você, um parasita
    Só ache outro convidado
    Só outra provada para defecar

    Porque você
    Minhas lombrigas me dizem o que fazer
    Você
    Minhas lombrigas me dizem onde ir
    Puxe as lombrigas para fora do seu cú, hey
    Puxe as lombrigas para fora do seu cú, hey
    Puxe as lombrigas para fora do seu cú, hey
    Puxe as lombrigas para fora de mim

    Eu estou sentado no meu quarto
    Com uma agulha nas minhas mãos
    Apenas esperando pelo túmulo
    De algum velho homem morrendo
    Sentado no meu quarto
    Com uma agulha nas minhas mãos
    Apenas esperando pelo túmulo
    De algum velho homem morrendo?

    Você
    Minhas lombrigas me dizem o que fazer
    Você
    Minhas lombrigas me dizem onde ir
    Puxe as lombrigas para fora do seu cú, hey
    Puxe as lombrigas para fora do seu cú, hey
    Puxe as lombrigas para fora do seu cú, hey
    Puxe as lombrigas para fora do seu cú, hey
    Hey, hey, hey, hey
    Vingança




    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de System of a Down

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.