I Never Wear White (tradução)

Suzanne Vega

Tales from the Realm of the Queen of Pentacles


Eu nunca visto o branco


Eu nunca usar branco

Branco é para virgens

Crianças no verão

Noivas no parque


A minha cor é preto preto preto

Preto é para segredos

Outlaws e dançarinos

Para o poeta do escuro


O preto é a verdade

da minha situação

E para aqueles de minha estação

Na vida, todas as cores se encontram


Eu nunca usar branco

branco é demasiado ofuscante

Sempre lembrando

dos inocentes que caem


A minha cor é preto preto preto

Para a velha, eo bastardo

A menina da escola de uniforme

O servo no corredor


O preto é a verdade

da minha situação

E aqueles de minha estação

Na vida, todas as cores se encontram


A minha cor é preto preto preto

gosto do gangster e da viúva

É a sombra ea sombra

É a profundidade em seu olho


A minha cor é preto Preto Preto Preto Preto

I Never Wear White


I never wear white

White is for virgins

Children in summer

Brides in the park


My color is black black black

Black is for secrets

Outlaws and dancers

For the poet of the dark


Black is the truth

Of my situation

And for those of my station

In life, all the colors lie


I never wear white

White is too blinding

Always reminding

Of the innocent who fall


My color is black black black

For the crone, and the bastard

The school girl in uniform

The servant in the hall


Black is the truth

Of my situation

And those of my station

In life, all the colors lie


My color is black black black

Like the gangster and widow

It's the shade and the shadow

It's the depth into your eye


My color is black black black black black

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS