Fool's Complaint (tradução)

Suzanne Vega

Tales from the Realm of the Queen of Pentacles


Queixa de tolo


Como eu odeio a Rainha de Ouros!

Sentado em seu trono dourado

Em sua tirania doméstica

Todos os caminhos levam de volta para ela sozinha


o mundo inteiro é um grande dreno

E o vórtice é o coração dela

Suas necessidades e desejos e

desejos e caprichos

Todos têm precedência sobre este gráfico


Mas o que eu sei?

meu cartão? s o tolo, o tolo, o idiota

Aquele homem sem raízes alegre

Com ar debaixo do meu passo

E providência como meu plano

Providência como o meu plano


Ah é? s tal inocência caro!

Nunca sabendo qualquer custo

Ela joga em torno de sua elegância

Para nós buscar quando ela se perde


Mas o que eu sei?

meu cartão? s o Louco! O tolo, o tolo

Aquele homem sem raízes alegre

Com ar debaixo do meu passo

E providência como meu plano

Providência como o meu plano

Fool's Complaint


How I hate the Queen of Pentacles!

Sitting on her golden throne

In her domestic tyranny

All roads lead back to her alone


The whole wide world is a great big drain

And the vortex is her heart

Her needs and wants and

Wishes and whims

All take precedence on this chart


But what do I know?

My card? s the fool, the fool, the fool

That merry rootless man

With air beneath my footstep

And providence as my plan

Providence as my plan


Oh it? s such expensive innocence!

Never knowing any cost

She throws around her finery

For us to fetch when it gets lost


But what do I know?

My card? s the Fool! The fool, the fool

That merry rootless man

With air beneath my footstep

And providence as my plan

Providence as my plan

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS