Embrulho

Supercombo

Rogério


Quando ela chegou no paraíso
Sentiu falta do sofrer
Sem cabimento não sai da cabeça
Como é que o embrulho
É melhor que o presente

Sem cabimento não sai da cabeça
Como é que o embrulho
É melhor que o presente

Dá meia volta, volta
Só rebobina aí
Dá meia volta, volta
Só rebobina

A gente briga pelo que a gente quer
Mas o destino final
Não é, não é, não é
A jornada é o que nos faz viver
Quem ainda não se jogou
Tá esperando o que

Sem cabimento não sai da cabeça
Como é que o embrulho
É melhor que o presente

Quando ela chegou no céu querendo estar no chão

Dá meia volta volta,
Só rebobina aê
Dá meia volta volta,
Só rebobina

A gente briga pelo que a gente quer
Mas o destino final
Não é, não é, não é
A jornada é o que nos faz viver
Quem ainda não se jogou
Tá esperando o que

A jornada é o que nos faz viver
A jornada é o que nos faz crescer
Quem ainda não se jogou me diz
Quem ainda não se jogou espera o quê (omi) (2x)

O quê, omi
O quê, omi

Letra enviada por Ayrton da Viola

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Supercombo no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS