Sepultura Larga

Sulino e Marrueiro


A estrada vida Ă© um palco
Onde as cenas sĂŁo todas reais
Muitos gozam e outros padecem
Resgatando seus erros fatais

São pessoas igual a criança
Que ainda nĂŁo sabe o que faz
Que aquilo que não alcança
Quando alcança jå não quer mais

Vejam bem quanto homem que casa
E ao lar ele nunca se apega
Abandona a esposa por outra
Mas acaba levando uma esfrega

Ele esquece que alguém tå de boca
Na esposa que ele venera
Pois mulher e alça de caixão
Quando larga tem outro que pega

Também tem a mulher sem juízo
Que seu lar ela nĂŁo considera
O amor, o respeito, a decĂȘncia
Isso tudo pra ela jĂĄ era

Ela esquece que todo marido
Quando ama, respeita e venera
A riqueza maior para ele
É o carinho da mulher sincera

Também tem o que só por preguiça
Um brilhante futuro empalha
Depois fica tramando da sorte
E dizendo que a vida Ă© amarga

E se esquece que tem muita gente
Que trabalha qual burro de carga
Mas prefere uma vida apertada
Do que uma sepultura larga

Compositor: Sulino E Roberto Stanganelli

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Sulino e Marrueiro no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS