Pé de Briga

Sulino e Marrueiro


Faço moda perigosa pego cobra venenosa
minha viola é tira prosa no lugar que ela ponteia
eu entro em qualquer torneio não costumo fazer feio
não deixo nada pru meio e nem canto moda feia
pra cantar eu sou largado quando eu pego um fala fiado
o meu peito bombardeia

só por eu ser caprichoso tem violeiro famoso
com fama de perigoso mais se vim ele receia
vivi batendo matraca mais suas moda são fraca
e dessas modas que ataca eu tenho um bucado e traxilha
por isso não dou pelote presses violeiros pixote
que pra mim não da farinha

a inveja matou caim este mundo é mesmo assim
vive falando de mim os violeiro que me odeia
mas eu sei que é despeito e farta de preconceito
andar botando defeito e falar da vida alheia
pra mim são tudo pateta que por trás joga indireta
mas quando me vê ralheia

de acordo com a lei no pé de alguem eu pisei
mas nem porisso assustei boi tatá não me receia
ando igual muita gente que bate com a língua nos dente
eu falo e sou suficiente pra topar qualquer parilha
por gostar de uma intriga essa moda é um pé de briga
pros violeiros que me odeiam

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Sulino e Marrueiro no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS