Lar Destruido

Sulino e Marrueiro


Dentro do meu peito trago
Um segredo escondido
De um romance de amor
Que nunca serĂĄ esquecido
Por isso meu coração
Bem no meio Ă© repartido
De um lado Ă© alegre
Outro de luto Ă© vestido
De uma triste lembrança
De um lar que foi destruĂ­do

Eu fiz tanto sacrifĂ­cio
Pra ver meu lar construĂ­do
Me casei com uma cabocla
Pra nĂłs viver sempre unido
Trabalhava com interesse
Constantemente seguido
Pra dar a felicidade
Que eu jĂĄ havia prometido
Pr'aquela que eu tanto amava
E para os filhinhos queridos

Tantos anos de casado
Tudo foi tempo perdido
Ela deixou nosso lar
No abandono esquecido
SĂł deixou uma carta escrita
Com um dizer esclarecido
Que a vida de casada
Pra ela nĂŁo tinha servido
Que ia viver no mundo
Um viver desimpedido

Imaginei a minha vida
Fiquei muito aborrecido
Quem nasceu para sofrer
Antes tivesse morrido
Mas o homem que Ă© homem
Nunca se dĂĄ por vencido
Meus filhos que eram pequenos
Agora jĂĄ estĂŁo crescidos
A lembrança inesquecível
Do lar que foi destruĂ­do

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Sulino e Marrueiro no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS