P√°gina inicial > Sertanejo > S > Sulino e Marrueiro > Encruzilhada Da Vida

Encruzilhada Da Vida

Sulino e Marrueiro

Seus Grandes Sucessos


Quando um dia meu peito cansado
Já sem força pará de cantá
Quando minha viola sem corda
Pendurada num canto fic√°

Nesse tempo você moreninha
Soluçando talvez lembrará
Dos prazer que você outrora
Deixou ir-se embora sem aproveit√°

√Č por isso que eu digo morena
Nesse mundo devemos goz√°
Um beijinho não tira pedaço
E um abraço não vai machucá

Pois a vida é uma simples fumaça
Com o vento se apaga no ar
Quem n√£o goza sua mocidade
Vê sem piedade a velhice chegá

Você é como a pombinha arisca
Que fugiu e escondeu no pombal
Venha ouvir minha voz na janela
Venha ver como é lindo o luar

Como é bela as estradas do mundo
Onde nós bem podia ir passeá
E juntinho a uma fonte chorosa
Palavra amorosa eu vou lhe fal√°

Quando um dia teus olhos morena
Ver chorando esta vida acab√°
E olhando o passado distante
Do que foi só nos resta lembrá

Essa é a encruzilhada da vida
Onde todos devemos pass√°
E talvez neste fim de caminho
Nós dois bem velhinhos vamos se encontrá

Compositor: José Fortuna/Marrueiro

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta m√ļsica

Ou√ßa esta√ß√Ķes relacionadas a Sulino e Marrueiro no Vagalume.FM

MIX DE M√öSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS