PĂĄgina inicial > Sertanejo > S > Sulino e Marrueiro > Amores de Uma Noite

Amores de Uma Noite

Sulino e Marrueiro


A noite finda, Ă© alta madrugada
Tudo em silĂȘncio, Ă© bem triste a solidĂŁo
Até a lua que clareava no infinito
Vai aos pouquinhos apagando o seu clarĂŁo

Qual folhas mortas arrastadas pelo vento
VĂŁo pelas ruas os grupos de boĂȘmios
De braços dados com os amores de uma noite
Que na orgia representa o grande prĂȘmio

Naquele grupo vai a mulher que eu amo
Ao lado dela segue o meu maior amigo
Sem saber que por ela eu sofro tanto
Os seus carinhos que ele comenta comigo

Nestes momentos pra esconder o meu fracasso
E por ciĂșmes nĂŁo fazer uma loucura
Peço licença e me afasto em desespero
E na bebida vou esquecer minha amargura


A noite finda, Ă© alta madrugada
Tudo em silĂȘncio, Ă© bem triste a solidĂŁo
Até a lua que clareava no infinito
Vai aos pouquinhos apagando o seu clarĂŁo

Qual folhas mortas arrastadas pelo vento
VĂŁo pelas ruas os grupos de boĂȘmios
De braços dados com os amores de uma noite
Que na orgia representa o grande prĂȘmio

Naquele grupo vai a mulher que eu amo
Ao lado dela segue o meu maior amigo
Sem saber que por ela eu sofro tanto
Os seus carinhos que ele comenta comigo

Nestes momentos pra esconder o meu fracasso
E por ciĂșmes nĂŁo fazer uma loucura
Peço licença e me afasto em desespero
E na bebida vou esquecer minha amargura

Compositor: ZĂ© Claudino, Sulino

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Sulino e Marrueiro no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS