PĂĄgina inicial > Sertanejo > S > Sula Miranda > No Asfalto da Cama

No Asfalto da Cama

Sula Miranda


Ele nem sabe que eu fico esperando
Em cada marcha que ele vai acelerando
Jogando tudo pra chegar mais cedo em casa

Esquece os pontos de parada nas estradas
VĂȘ quando a noite vai buscando a madrugada
Parece ver seu caminhĂŁo batendo asas

E vai chegando mais ou menos meio-dia
Ouço seus passos subindo as escadarias
Gritando: amor, cheguei, onde vocĂȘ estĂĄ?

Esqueço tudo, tudo o que estou fazendo
Mais que depressa nos seus braços vou correndo
E a gente fica quase louco pra se amar

E tudo começa, e a gente se entrega
Desejos batendo
Dois corpos tremendo querendo voar

E tudo começa, e a gente se ama
Eu morro por ele
Eu vibro com ele no asfalto da cama


E vai chegando mais ou menos meio-dia
Ouço seus passos subindo as escadarias
Gritando: amor, cheguei, onde vocĂȘ estĂĄ?

Esqueço tudo, tudo o que estou fazendo
Mais que depressa nos seus braços vou correndo
E a gente fica quase louco pra se amar

E tudo começa, e a gente se entrega
Desejos batendo
Dois corpos tremendo querendo voar

E tudo começa, e a gente se ama
Eu morro por ele
Eu vibro com ele no asfalto da cama

E tudo começa, e a gente se entrega
Desejos batendo
Dois corpos tremendo querendo voar

E tudo começa, e a gente se ama
Eu morro por ele
Eu vibro com ele no asfalto da cama

Compositor: Fåtima Leão, Zezé di Camargo

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Sula Miranda no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS