Lobo Amante

Sula Miranda


Vejo uma estrada e um caminhão
Motor pulsando como pulsa um coração
A lua cheia lá na amplidão
Lança seus raios na passarela do chão

Lindo brinquedo que na terra serpenteia
Seja no barro ou na areia, nunca perde a direção
Seu motorista mergulhado na quimera
Na saudade vira fera, vinga na aceleração

(Vai lobo noturno)
Uivando nas entranhas do sertão
(Vem meu lobo amante)
Você abraça o volante que eu abraço a solidão

(Vai lobo noturno)
Uivando nas entranhas do sertão
(Vem meu lobo amante)
Você abraça o volante que eu abraço a solidão

Uma lembrança, uma ilusão
Me queima o peito na ansiedade da paixão
Amor distante e uma canção
Me faz em sonhos te buscar na cerração

Cantem pneus nas paralelas do asfalto
Que as estrelas vem do alto refletirem no trucão
Avance a noite sob este farol da lua
Quem te espera é toda sua, corpo, alma e coração

(Vai lobo noturno)
Uivando nas entranhas do sertão
(Vem meu lobo amante)
Você abraça o volante que eu abraço a solidão

(Vai lobo noturno)
Uivando nas entranhas do sertão
(Vem meu lobo amante)
Você abraça o volante que eu abraço a solidão

(Vai lobo noturno)
Uivando nas entranhas do sertão
(Vem meu lobo amante)
Você abraça o volante que eu abraço a solidão

Compositor: Paiva

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Sula Miranda no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS