Sting

Flow, My Tears (Lachrimae) (tradução)

Sting


Fluxo, Minhas Lágrimas (Lachrimae)


Flow, My Tears (Lachrimae)


Fluxo meus Teares cair de suas molas

Exilde para sempre. Deixe-me morn

Onde noites black bird infâmia hir triste canta

Não me deixe viver... forlorne


luzes Downe Vaine brilhar você não mais

Não noites são escuras o suficiente para aqueles

Que em dispaire sua deploram fortunas passado

Luz doth mas vergonha divulgar


Nunca pode ser aliviada minhas aflições

Desde pittie fugiu

E Teares, e suspiros, e Grones

Meus dias wearie de todos os Joyes privaram


Desde a mais alta torre de contentamento

Minha fortuna é throwne

E Feare, e griefe, e Paine

Para meus desertos, são minhas esperanças já que a esperança se foi


Hark você shadowes que em darnesse habitar

Aprenda a contemne, luz

feliz que no inferno

não Feele os mundos apesar

Flow, My Tears (lachrimae)


Flow, My Tears (Lachrimae)\"


Flow my teares fall from your springs,

Exilde for ever: Let me morne

Where nights black bird hir sad infamy sings,

There let me live forlorne.


Downe vaine lights shine you no more,

No nights are dark enough for those

That in dispaire their last fortunes deplore,

Light doth but shame disclose.


Never may my woes be relieved,

Since pittie is fled,

And teares, and sighes, and grones

My wearie days of all joyes have deprived.


From the highest spire of contentment,

My fortune is throwne,

And feare, and griefe, and paine

For my deserts, are my hopes since hope is gone.


Hark you shadowes that in darnesse dwell,

Learn to contemne light,

Happy that in hell

Feele not the worlds despite.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS