All This Time (tradução)

Sting

All This Time


Todo esse tempo


Olhei para o rio hoje

Vi uma cidade na névoa e uma velha torre de igreja

Onde as gaivotas brincavam

Eu vi os tristes cavalos do condado voltando pra casa

Na luz de sódio

Eu vi dois padres no embarcadouro

Outubro bobeia na noite fria de inverno


E todo este tempo, o rio correu

Sem fim, para o mar


Dois padres vieram à nossa casa esta noite

Um jovem, um velho

Para oferecer rezas aos moribundos

Para servir o rito final

Um a ensinar, um a aprender

Para qual caminho o vento frio sopra

Fazendo barulho e batendo na bata do padre

Como um assassino de corvos


E todo este tempo, o rio correu

Sem fim, para o mar


Se fosse do meu jeito, eu pegaria um barco no rio

E eu enterraria o velho homem

Eu o enterraria no mar


Benditos são os pobres, pois eles herdarão a Terra

Melhor ser pobre que um homem gordo no olho de uma agulha

E quando estas palavras foram ditas, eu juro que ouvi o velho rindo

? De que adianta um mundo usado, e de que valeria a pena tê-lo?


E todo este tempo, o rio correu

Sem fim, como uma lágrima silenciosa

E todo este tempo, o rio correu

Pai, se Jesus existe

Então por que ele nunca veio morar aqui?


Os professores disseram que os Romanos construíram este local

Construíram uma muralha e um templo, e uma fronteira do Império Garrison Town

Eles viveram e morreram, eles rezaram aos seus deuses

Mas os deuses de pedra não emitiram som algum

E o Império ruiu, até que tudo que restou

Foram as pedras que os operários fundaram


E todo este tempo, o rio correu

Na luz fraca de um Sol do Norte

Se fosse do meu jeito, eu pegaria um barco no rio

Homens enlouquecem em congregações

Mas eles apenas melhoram

Um por um

Um por um

All This Time


I looked out across the river today

I saw a city in the fog and an old church tower

Where the seagulls play

I saw the sad shire horses walking home

In the sodium light

I saw two priests on the ferry

October geese on a cold winter?s night


And all this time, the river flowed

Endlessly, to the sea


Two priests came ?round our house tonight

One young, one old

To offer prayers for the dying

To serve the final rite

One to learn, one to teach

Which way the cold wind blows

Fussing and flapping in priestly black

Like a murder of crows


And all this time, the river flowed

Endlessly, to the sea


If I had my way, I ?d take a boat from the river

And I?d bury the old man

I?d bury him at sea


Blessed are the poor, for they shall inherit the earth

Better to be poor than a fat man in the eye of a needle

And as these words were spoken, I swear I hear the old man laughing

?What good is a used up world, and how could it be worth having??


And all this time, the river flowed

Endlessly, like a silent tear

And all this time, the river flowed

Father, if Jesus exists

Then how come he never lived here?


The teachers told us, the Romans built this place

They built a wall and a temple, an edge of the empire Garrison Town

They lived and they died, they prayed to their gods

But the stone gods did not make a sound

And their empire crumbled, ?til all that was left

Were the stones the workmen found


And all this time, the river flowed

In the falling light of a northern sun

If I had my way, I?d take a boat from the river

Men go crazy in congregations

But they only get better

One by one

One by one?

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS