• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Encontrou algum erro na letra ou tradução? Colabore com a gente clicando nas frases abaixo ou enviando uma correção completa »
    Children's Story
    Uncle Ricky, will you read us a bedtime story?
    Please, huh, please?
    Allright, you kids get to bed, I'll get the storybook.
    Ya'll Tucked in?
    Yeah
    Here we go...
    Once upon a time,
    Not long ago,
    Where people wore pajamas and lived life slow,
    Where laws where stern and justice stood,
    And people were behavin' like they ought to - good,
    There lived a little boy who was misslead
    By another little boy,
    And this is what he said:
    "Me and you tike, we're gonna make some cash",
    "Robbin' old folks and makin' the dash",
    They did the job,
    Money came with ease,
    But one couldn't stop!
    It's like he had a disease,
    He robbed another and another,
    And a sister and a brother,
    Tried to rob a man who was a D.T. undercover,
    The cop grabed his arm,
    He started actin' eratic,
    He said:
    "Keep still boy, no need for static",
    Punched him in his belly and gave him a slap,
    But little did he know,
    The little boy was strapped,
    The kid pulled outta gun,
    He said:
    "Why'd you hit me?"
    The barrell was set straight for the cop's kidney,
    The cop got scared,
    The kid, he starts to figure:
    "I'll do years if I pull this trigger",
    So he cold dashed,
    And ran around the block,
    Cop radios in to another ladie cop,
    He ran by a tree,
    There he saw the sister,
    Shot for the head,
    He shot back but he missed her,
    Looked 'round good,
    And from excpectations,
    He decided he'd head for the subway stations,
    But,
    (what)
    She was comming and he made a left,
    He was running top speed,
    Till he was out of breath,
    Knocked and old man down,
    And swore he killed him,
    (sorry)
    Then he made his move to an abandonded building,
    Ran up the stairs up to the top floor,
    Opened up a door,
    There guess who he saw?
    (who)
    Dave! The dope fiend shootin' dope,
    Who don't know the meaning of water nor soap,
    He said:
    "I need bullets, hurry up, run!",
    The dope fiend rolled back a spankin' shot gun!
    He went outside but there were cops all over,
    THen he dipped into a car;
    A stolen nova,
    Raced up the block doin' 83,
    Crashed into a tree,
    Near the university
    Escaped alive although the car was battered
    Rat-a-tat tatted and all the cops scattered

    Ran out of bullets
    And he still had static
    Grabbed the pregnant lady
    And pulled out the automatic

    Pointed at her head
    He said the gun was full of lead
    He told the cops
    "Back off, or honey here's dead"

    Deep in his heart
    He knew he was wrong
    So he let the lady go
    And he starts to run on

    Sirens sounded
    And he seemed astounded
    And, before long
    The little boy got surrounded

    He dropped the gun
    And so went the glory
    And this is the way
    I have to end this story

    He was only ("what?") seventeen
    In a madman's dream
    The cop shot the kid
    I still hear him scream

    This ain't funny
    So don't you dare laugh
    Just another case
    About the wrong path

    Straight and narrow
    While your soul gets cast
    Goodnight.
    Children's Story (tradução)
    Era uma vez não há muito tempo atrás
    Quando as pessoas ainda usavam pijamas e viviam
    devagar
    As leis eram severas e a justiça decente
    E as pessoas se comportavam muito bem

    Tinha um garoto que era maldoso
    Pra um outro garotinho foi o que ele disse:
    "Eu e você vamos ganhar grana essa noite,
    roubar uns otários e sumir"

    Eles roubaram, o dinheiro veio fácil
    mas não conseguiam mais parar, parecia doença
    Roubaram outro e mais outro e uma irmã e um irmão
    Ele tentou roubar um cara que era DT à paisana

    O tira agarrou seu braço, ele começou a se sacudir
    Ele disse "fica frio, garoto, não precisa se assustar"
    Deu-lhe um soco no estômago e um tapa
    Mas mal ele sabia que o garoto era esquentado

    O menino puxou uma arma e disse "por que me bateu?"
    O tambor mirou imediatamente nos rins do policial
    O tira se assustou, o garoto percebeu
    "Eu vou pegar anos se puxar o gatilho"

    Então ele se mandou dando a volta no quarteirão
    O tira chamou pelo rádio uma policial mulher
    Ele fugiu até uma árvore e viu a irmã
    Ela tentou acertar sua cabeça, ele revidou mas errou

    Olhou a sua volta procurando escapatória
    Decidiu seguir até a estação de metrô
    Mas ela tava vindo então ele foi a esquerda
    Ele corria o máximo até ficar sem fôlego

    Bateu em um velho e jurou que ele o matou ("foi mal")
    Então ele seguiu até um prédio abandonado
    Correu subindo as escadas até o piso de cima
    Abriu a porta e adivinha quem ele viu?

    Dave, que era um demônio viciado, injetando
    Que nem sabe o que é água nem sabão
    Ele disse "preciso de munição, rápido! "
    O demônio viciado lhe deu uma espingarda

    Eles saíram
    Tinha polícia em todo lugar
    Eles se meteram em um carro
    Que era um Nova roubado

    Aceleraram pela área, chegando a 83 quilômetros
    Bateram numa árvore próxima a universidade
    Escapou vivo mas o carro tava acabado
    Ra-ta-ta-ta e os policiais se espalhando

    Ficou sem bala
    Mas ainda tava no gás
    Pegou uma mulher grávida
    E puxou a automática

    Mirou na cabeça dela
    Ele disse que a arma tava pronta
    E disse aos tiras
    "Se afasta, ou a queridinha aqui já era "

    No fundo do coração
    Ele sabia que estava errado
    Então deixou a moça ir
    E começou a correr

    Sirenes soavam
    E ele parecia chocado
    E, logo depois
    O garotinho tava cercado

    Ele largou a arma
    E acabou a glória
    E é desse jeito
    Que eu termino a história

    Ele só tinha (que?) dezessete
    Num sonho de maluco
    O polícia atirou nele
    Ainda ouço ele gritar

    Não tem graça nenhuma
    Nem se atreva a rir
    Só mais um caso
    Sobre o caminho errado

    Direto e apertado
    Enquanto sua alma se esvai
    Boa noite.




    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Slick Rick

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.