• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Encontrou algum erro na letra ou tradução? Colabore com a gente clicando nas frases abaixo ou enviando uma correção completa »
    Seasons In The Abyss
    Razors edge
    Outlines the dead
    Incisions in my head
    Anticipation the stimulation
    To kill the exhilaration

    Close your eyes
    Look deep in your soul
    Step outside yourself
    And let your mind go
    Frozen eyes stare deep in your mind as you die

    Close your eyes
    And forget your name
    Step outside yourself
    And let your thoughts drain
    As you go insane...go insane

    Innate seed
    To watch you bleed
    A demanding physical need
    Desecrated eviscerated
    Time perpetuated

    Close your eyes
    Look deep in your soul
    Step outside yourself
    And let your mind go
    Frozen eyes stare deep in your mind as you die

    Close your eyes
    And forget your name
    Step outside yourslef
    And let your thoughts drain
    As you go insane... go insane

    Inert flesh
    A bloody tomb
    A decorated splatter brightens the room
    An execution a sadist ritual
    Mad intervals of mind residuals

    Close your eyes
    Look deep in your soul
    Step outside yourslef
    And let your mind go
    Frozen eyes stare deep in your mind as you die

    Close your eyes and forget your name
    Step outside yourself and let your thoughts drain
    As you go insane...go insane!
    Período no abismo
    Fio da navalha
    Desenha os mortos
    Cortes em minha cabeça
    Antecipando o estímulo
    Para matar o divertimento

    Feche seus olhos
    Olhe profundamente em sua alma
    Saia de si mesmo
    E deixe sua mente vagar
    Olhos gélidos encaram no fundo de sua mente
    Enquanto você morre

    Feche seus olhos
    E esqueça seu nome
    Saia de si mesmo
    E deixe seus pensamentos drenar
    Enquanto você enlouquece... enlouquece

    Semente natural
    Para te ver sangrar
    Uma necessidade física exigente
    Profanada, estripada
    Tempos debilitados

    Feche seus olhos
    Olhe no fundo da sua alma
    Saia de si
    E deixe sua mente vagar
    Olhos gélidos encaram no fundo de sua mente E
    Enquanto você morre
    Feche seus olhos e esqueça seu nome
    Saia de si
    E deixe seus pensamentos drenar
    Enquanto você enlouquece... enlouquece

    Carne inerte
    Uma tumba sangrenta
    Respingos iluminam o quarto
    Uma execução, um ritual sádico
    Momentos de fúria dos restos da mente

    Feche seus olhos
    Olhe no fundo da sua alma
    Saia de si
    E deixe sua mente vagar
    Olhos gélidos encaram no fundo de sua mente enquanto você morre

    Feche seus olhos e esqueça seu nome
    Saia de si e deixe seus pensamentos drenar
    Enquanto você enlouquece... enlouquece




    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Slayer

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.