• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Encontrou algum erro na letra ou tradução? Colabore com a gente clicando nas frases abaixo ou enviando uma correção completa »
    Necrophiliac
    Mortuaries, dead of night
    My body starts to rise
    In my mind the horror lives
    To feel death deep inside

    Relentless lust of rotting flesh
    To thrash the tomb she lies
    Heathen whore of Satan's wrath
    I spit at your demise

    Virgin child now drained of life
    Your soul cannot be free
    Not given the chance to rot in Hell

    Satan's cross points to Hell
    The earth I must uncover
    A passion grows to feast upon
    The frozen blood inside her

    I feel the urge the growing need
    To fuck this sinful corpse
    My tasks complete the bitch's soul
    Lies raped in demonic lust

    Her stomach bursts the casket breaks
    The seed has taken form
    A writhing shape of twisted flesh
    The Devil's child is thrown

    Hungry for the smell of Death
    He rules forbidden evil
    Vengeance with a frenzied hatred
    The bastard now must die

    Lost souls of the dead
    Form legions that burst through Hell's Gates
    Death of one sacrifice
    To avenge the raped corpse from the grave
    Blood of one mortal man
    The fire grows stronger within
    Fate of a frenzied lust
    Lucifer takes my dark soul

    Down to the fiery pits of Hell
    Down to the fiery pits of Hell
    Necrófilo
    Necrotérios, na calada da noite
    Meu corpo começou a levantar
    Na minha mente o horror vive
    Para sentir a morte lá no fundo

    Desejo implacável de carne podre
    Para debater o túmulo onde ela se encontra
    Prostituta pagã da ira de Satanás
    Eu cuspo no seu falecimento

    Criança virgem agora drenada da vida
    Sua alma não pode ser livre
    Não dando a chance de apodrecer no inferno

    Pontos de cruzamento de Satanás para o inferno
    A terra que devem descobrir
    Uma paixão cresce se banquetearem com
    O sangue congelado dentro dela

    Eu sinto o desejo, a necessidade crescente
    De foder esse cadáver pecaminoso
    As minhas tarefas completam a alma da vadia
    As mentiras estupradas na luxúria demoníaca

    Seu estômago estoura as quebras do caixão
    A semente assumiu forma
    Uma convulsão em forma de carne torcida
    O Demônio na criança é arremessado

    Com fome para o cheiro de Morte
    Ele governa o mal proibido
    A vingança com um ódio frenético
    O bastardo agora deve morrer

    Almas perdidas dos mortos
    Formam legiões que surgiram no meio dos portões do inferno
    Morte de um sacrifício
    Para vingar o cadáver da sepultura violada
    Sangue de um homem mortal
    O fogo cresce mais forte por dentro
    O destino de uma cobiça desenfreada
    Lúcifer leva minha alma à escuridão

    Desceu para os abismos do Inferno
    Desceu para os abismos do Inferno




    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Slayer

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.