At Sixes And Sevens (tradução)

Sirenia

At Sixes And Sevens


Em Desordem*


Nas horas de discussão

Você parece perder tudo isso, e mais de algum modo

Nenhuma vida minguante pode corrigir isso

Não pode fazer o mundo um lugar melhor para prosperar?

Nem posso eu continuar persistindo?


Você está em decadência em ventos fúnebres

Com milhares de invernos dentro

Sua vida desvela seus olhos cansados

O sol se põe em céus sombrios


Seus desejos minguantes trazidos ao fogo

Onde sua definhante vida foi lamentada

Por milhares de anos

Onde a dor se misturou com a ira

E a noite incendeia a ambos nós


"Desça o estreito caminho

Anos de decadência

Sinta a alma da vida - infligindo dor mais uma vez"


Você está morrendo agora

Você faz sentir algo divino

Seus olhos benevolentes são algo curativo

Você ameniza uma discussão agora

Uma vida preciosa deixa de persistir


Você está minguando e o Éden é derrubado

Hesitando ainda sob uma lua fúnebre

Suas lágrimas elas varrem sobre a praia da vida

Até o dia em que você não chora mais


O ocaso está minguando

Na vida nós sofremos o mesmo

Quando o pôr-do-sol se aproxima

Estranhos espreitadores em solo sagrado

Almas escurecidas entrelaçadas

Juntas até o fim da vida

Abrace a nova divindade

Ou sofra outra existência


Eu posso sentir as chamas

O fogo me lambe em vão

Minha vida não pode ser recuperada

Não agora, nem depois, nem nunca mais

Nós cruzamos nossos fracos corações

O dia de nossas almas partirem

A vida se move de maneiras estranhas

Nós morremos um pouco, de algum modo a cada dia


* At sixens and sevens = Expressão idiomática que quer dizer “em completa desordem, bagunçado, de cabeça pra baixo ou de pernas pro ar, etc”.

At Sixes And Sevens


In times of strife

you seem to lose it all, and more somehow

No waning life can retrieve it

Can't make the world a better place to thrive

nor can I keep on persisting


You're on the wane in funereal winds

with a thousand winters within

Your life unveil its weary eyes

Sun sets in somber skies


Your waning desires brought to fire

where your withering life has been mourned

For a thousand years, where the pain blend with ire

and the night enflames us both


"Walk down the narrow path

Years of decay

Feel life's soul-inflicting hurt once again"


You're dying now

You make it feel somewhat divine

Your lenient eyes are somewhat healing

You make it feel the less a strife now

A precious life cease persisting


You're on the wane and eden's hewn

falter still under a funereal moon

Your tears they sweep upon life's shore

until the day you weep no more


Sunset's on the wane

In life we suffer the same

When sundown comes around

stalking strangers on hollowed ground

Endarkened souls entwined

together at the end of life

Embrace the new divine

or suffer another lifetime


I can feel the flames

the fire lick me in vain

My life can't be regained

not now, nor then, nor ever again

We cross our feeble hearts

the day our souls depart

Life move in strangest ways

We died somewhat, somehow in every day




Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS