Ele Bate Nela

Simone e Simaria


Era uma moça, uma moça muito especial
Que namorava um cara, que também parecia ser especial
Ele demonstrava, ser um homem diferente
Mesmo com sua gentileza, não conquistou a família da gente
E ele demonstrava amor, e jurava que nunca te enganou
Que seria sempre uma anjo na vida dela
Que nunca maltrataria ela, e ela confiou
E entregou todo seu amor, e esse cara com um tempo
A sua máscara quebrou

E agora ele bate, bate nela
E ela chora, querendo voltar para os braços de sua mãe
E agora, eu tô sem saída, e se eu for embora
Ele vai acabar com minha vida
AAi aai
Quanto dor eu sinto no meu peito
Devia ter feito as coisas direito
AAi aai
Óh Deus me tire desse sofrimento
Porque viver assim eu não aguento
Só quero ser feliz

E ele demonstrava amor, e jurava que nunca te enganou
Que seria sempre uma anjo na vida dela
Que nunca maltrataria ela, e ela confiou
E entregou todo seu amor, e esse cara com um tempo
A sua máscara quebrou

E agora ele bate, bate nela
E ela chora, querendo voltar para os braços de sua mãe
E agora, eu tô sem saída, e se eu for embora
Ele vai acabar com minha vida
AAi aai
Quanto dor eu sinto no meu peito
Devia ter feito as coisas direito
AAi aai
Óh Deus me tire desse sofrimento
Porque viver assim eu não aguento
Só quero ser feliz
Era uma moça

Letra enviada por Rosealves 100

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Simone e Simaria no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS