Cuando Yo Era Un Enano (tradução)

Silvio Rodriguez


Quando eu era um anão


Quando eu era pequeno tudo estava perto, muito perto

para chegar ao céu, mas ninguém subidita suficiente

sono suficiente para eu ir tão longe como eu queria

quando eu era pequeno eu se eu pudesse, se eu pudesse



Liberdade, liberdade, liberdade para o meu filho

Liberdade, liberdade, liberdade, liberdade


Quando eu era vejigo gostaria pa'l rio porque era bonito

apesar de ter sido perdido perigoso, perigoso

como Jagüey e ceiba como palm e yagruma

quando eu estava vejigo foi sonhado montanha e espuma


Liberdade, liberdade


Quando eu era um anão, eu vivi paixões tão memorável

com sapatos quebrados e sorriso menos amigável

sujeira debaixo do mundo unhas, mãos sem vergonha de jogar

quando eu era um anão era profunda, foi profundo


Liberdade, liberdade


Liberdade, liberdade


terra sob as unhas, mãos sem vergonha de tocar o mundo

quando eu era um anão, foi profundo, foi profundo

Cuando Yo Era Un Enano


Cuando yo era chiquito todo quedaba cerca, cerquita

para llegar al cielo no mas bastaba una subidita

el sueño me alcanzaba para ir tan lejos como quería

cuando yo era chiquito yo si podía, yo si podía.



Libertad, libertad, libertad para mi niño

libertad, libertad, libertad, libertad.


Cuando yo era vejigo me iba pa'l río porque era hermoso

aunque estaba perdido por peligroso, por peligroso

como jagüey y ceiba como la palma y la yagruma

cuando yo era vejigo era de monte y soñaba espuma.


Libertad, libertad...


Cuando yo era un enano, viví pasiones tan memorables

con los zapatos rotos y la sonrisa menos amable

tierra bajo las uñas, manos sin pena tocando mundo

cuando yo era un enano era profundo, era profundo.


Libertad, libertad...


Libertad, libertad...


Tierra bajo las uñas, manos sin pena tocando el mundo

cuando yo era un enano, era profundo, era profundo.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS