Cancion Del Elegido (tradução)

Silvio Rodriguez


Song Of One


Sempre que fazemos uma história

falando de um velho, uma criança de si mesmo

mas a minha história é difícil

Eu não vou falar sobre um homem comum

Eu vou fazer a história de um ser de outro mundo. Animai

uma galáxia

é uma história que tem tudo

com o curso da Via Láctea

é uma história enterrada

Trata-se de um ser a partir do nada

Ele nasceu em uma tempestade

ao sol uma noite

penúltimo mês

Era de planeta para planeta

procurando água potável

talvez buscando vida

ou procurando a morte

nunca se sabe

Talvez procurando silhuetas

ou algo assim

era adorável

ou pelo menos amável

adorável, simpático


Ele descobriu que as minas terrestres

do Rei Salomão

eles estavam no céu

e África em chamas

como as pessoas pensavam

Mas as pedras são frias

e calor e alegrias interessados?

As jóias não tinham alma

apenas eram espelhos, cores brilhantes

eo baixo fim da guerra

perdão! Eu queria dizer para a terra


conhecia a história de um golpe

sentiu em sua cabeça cristais moídos

e percebeu que a guerra

era paz no futuro

tão logo descobre terrível

e custa-nos as nossas vidas bonito

A última vez que o vi sair

entre fumaça e estilhaços

feliz e nu

estava matando desonestos

com o seu futuro canhão

Cancion Del Elegido


Siempre que se hace una historia

se habla de un viejo, de un niño de sí,

pero mi historia es difícil:

no voy a hablarles de un hombre común.

Haré la historia de un ser de otro mundo,

de un animal de galaxia.

Es una historia que tiene que ver

con el curso de la Vía Láctea.

Es una historia enterrada.

Es sobre un ser de la nada.

Nació de una tormenta

en el sol de una noche,

el penúltimo mes.

Fue de planeta en planeta

buscando agua potable,

quizás buscando la vida

o buscando la muerte

eso nunca se sabe.

Quizás buscando siluetas

o algo semejante

que fuera adorable,

o por lo menos querible,

besable, amable.


El descubrió que las minas

del rey Salomón

se hallaban en el cielo

y no en el África ardiente,

como pensaba la gente.

Pero las piedras son frías

y le interesaban calor y alegrías.

Las joyas no tenían alma,

sólo eran espejos, colores brillantes.

y al fin bajo hacia la guerra…

¡perdón! quise decir a la tierra.


Supo la historia de un golpe,

sintió en su cabeza cristales molidos

y comprendió que la guerra

era la paz del futuro:

lo más terrible se aprende enseguida

y lo hermoso nos cuesta la vida.

La última vez lo vi irse

entre humo y metralla,

contento y desnudo:

iba matando canallas

con su cañón de futuro.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS