Pastorinhas

Sílvio Caldas


A estrela d´alva
No céu se esconde
E a lua anda tonta
Com tamanho esplendor

E as pastorinhas
Pra consolo da lua
Vão cantando na rua
Lindos versos de amor

Linda pastora
Morena, da cor de Madalena
Tu não tens pena
De mim que vivo tonto
Com o teu olhar

Linda criança
tu não me sai da lembrança
Meu coração não se cansa
De sempre, sempre te amar

Compositor: João de Barro (Braguinha) e Noel Rosa

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Sílvio Caldas no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS