Mimi

Sílvio Caldas

Sylvio Caldas


Dentro d'alma dolorida eu tenho um riso teu
Meu amor,teu sorriso é um lindo albor...
Uma existência,um céu!
Tens na boca,embevecida,pérolas de luz...
Rubra ilusão do astral!
Perolário a iluminar,alegria,
Um eclipse do sol com o luar!
Um portento de alegria,
Deus teve uma idéia um dia,
E pediu com santa pena,
Que eu te trocasse amor,
Por Santa Madalena...Ó não!
Ah,eu respondi chorando,
Deus,estou pecando,
Mas doce Pai!
Não trocarei!
Sem Mimi,morrerei!...
Deus,fazei o sol cair do astral,
Deus,escurecei a luz do luar,
Deus,formai o céu em guerra,
Descei de encontro a terra,em fúria.
Transbordai o mar,
E eu,no escuro do infinito,
Só,no imenso de um granito,
Eu só,Senhor,
Construirei umoutro céu,
Em que Mimi encontrarei!
Ah...Não fosse esse teu riso,eu morreria então!

Quanta dor!
Ris,eu gozo,eu sinto amor,
Eternizada unção!

Estás de mim fugindo,agora,mas que importa a dor,
Se em mim deixaste a luz?
Breviário inspirador,
Dos poemas da Bíblia,do amor,
Deus,perdão!
Senhor meu Deus,
Senhor!

Compositor: Uriel Lourival

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Sílvio Caldas no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS