Eterna Canção

Sílvio Caldas

O Seresteiro


Olho as nuvens doiradas pelos ares
Breves como a aventura que perdi
Olho estrelas no céu ronda dos mares
E só te vejo a ti e só te vejo a ti

Pois os campos onde a água é um lamento
E a voz de ouro das aves canta e ri
Conheci vários espinhais em meu vento
E só te escuto a ti, e só te escuto a ti

Tudo é nuvens, estrelas, céu profundo
Tudo se me curvou quando te vi
E não hás de ser tu todo meu mundo
Se eu só te adoro a ti, se eu só te adoro a ti

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Sílvio Caldas no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS