Página inicial > Sertanejo > S > Sidney do Cerrado > Canção da Saudade

Canção da Saudade

Sidney do Cerrado


Quando penso em você
Sinto uma coisa que estremece lá por dentro
Como se fosse reviver cada momento
Das alegrias que marcaram nosso amor
Quando penso em você
Dà uma vontade chorar que eu não seguro
Sinceramente meu amor é muito duro
Foi tão gostoso que é difícil de esquecer

Quando penso em você
O peito aperta a boca seca o olho chora
Daria tudo pra lhe ver de novo agora
Pedir perdão e nunca mais largar voce
Quando penso em você
O peito aperta a boca seca o olho chora
Daria tudo pra lhe ver de novo agora
Pedir perdão e nunca mais largar voce

Pra que serve o espinho sem a flor
Do que vale a vida sem amor
Do que adianta eu sem ter você
Amor deixa disso e vem me ver
Pra que serve o espinho sem a flor
Do que vale a vida sem amor
Do que adianta eu sem ter você
Amor deixa disso e vem me ver

Compositor: Accioly Neto

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Sidney do Cerrado no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS