Página inicial > MPB > S > Siba > Cantar Ciranda

Cantar Ciranda

Siba


Cantar ciranda
É como se aventurar
A viver em alto mar
Pescando numa jangada
Vela esticada
Chuva e sol, frio e calor
E eu me sinto um pescador
Puxando a rede pesada
E a cad~encia compassada
Da jangada balançando
Minha ciranda embalada

Cantar ciranda
É balanço de maré
Quando vem, forma um balé
Quando vai carrega areia
Me arrudêia
Um temporal carrancudo
Quando vai, carrega tudo
E quando volta incendeia
E a poesia vadêia
Igualmente um bumerangue
E em cada gota de sangue
Que corre na minha veia

Cantar ciranda
É como um jogo de azar
Quando eu saio pra cantar
Não sei se amanheço o dia
Patifaria
Não me atinge o coração
Pois eu tenho a proteção
De um poder que me irradia
E uma trombeta anuncia
Que o mundo está se abalando
Toda vez que eu estou tragando
No cachimbo da poesia

Só pode ser
Coisa de feitiçaria
Arrilia do sotaque
É tão bom que até arrepia
Cantar ciranda
É como fotografia
Faz morada na memória
Desde o primeiro dia

Compositor: Siba/céu

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Siba no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS