Sérgio Reis
Página inicial > Sertanejo > S > Sérgio Reis > Solidão de Amigos

Solidão de Amigos

Sérgio Reis

Sérgio Reis


Lenha na fogueira lua na lagoa
Vento na poeira vai rolando à toa
A cantiga espera quem lhe dê ouvidos
A viola entoa solidão de amigos

A saudade lembra de lembranças tantas
Que por si navegam nessas águas mansas
A saudade lembra de lembranças tantas
Que por si navegam nessas águas mansas

Quando a cachoeira desce nos barrancos
Faz a várzea inteira se encolher de espanto
Lenha na fogueira luz de pirilampos
Cinzas de saudades voam pelos cantos

A saudade lembra de lembranças tantas
Que por si navegam nessas águas mansas
A saudade lembra de lembranças tantas
Que por si navegam... nessas águas mansas
A saudade lembra de lembranças tantas
Que por si navegam nessas águas mansas
A saudade lembra de lembranças tantas
Que por si navegam nessas águas mansas
A saudade lembra de lembranças tantas
Que por si navegam... nessas águas mansas

Composição: Mário Maranhão/Eunice Barbosa

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Sérgio Reis no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS