O Poeta

Sérgio Lopes


O poeta se abastece de toda abundancia de vida, e carrega desejos prematuros quase impossíveis.
Em seu louvor aponta o bem, e o mal;quase que seu sonho é perecível ;mas é que nutre seu ser.
Mas é que nutre seu ser
como a erva nutre-se da água, num limite incontestável.
Um poeta quando fala do que não sabe
não sabe o que está escrevendo e,torna sua poesia
incomunicável.

Compositor: Josué Alves

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Sérgio Lopes no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS