Página inicial > S > Sedição > Teatro do Holocausto (Part. Roberto du Gueto)

Teatro do Holocausto (part. Roberto du Gueto)

Sedição


[Sedição]
Deserto de chumbo, clima pesado, mormaço causado no espaço
Planeta aquecido, demônios trajados no palácio do planalto
Político cínico, já tem o palhaço, e circo será incendiado
Sedição, homem bomba, rogando o dia d, pra fazer o atentado!
Pra burguês, pro estado, polícia, molotov é meu diálogo!
Por que pra sonegador fascista tem que deixar mais que claro
Que não 'tâmo na pista na onda pacífica, se és do outro lado!
Que acha que é mais importante defender propriedade privada do vidro quebrado!
Ensino médio reformado, robôs programados a viver como escravo
Constroem castelos com as ossaturas de pobres desinformados
Faz a rinha de fantoche, extermínio, hecatombe de jovem, chacina
Que pelo pão do dia, vira mortadela em cima da mesa do legista
Quem retira verba da merenda das crianças, e impede de ser repetida
Merecia prisão perpétua, sem fiança, nem direito a marmita!
Leis trabalhistas foram reduzidas a um sistema escravagista
Passou da hora da ofensiva na guerrilha com toda a carga explosiva!

Sedição, sublevação, contra toda autoridade
Na missão, com roberto du gueto, é sem massagem
Se eles não investem em educação pra fazer a revolução
Não vamo admitir a opressão interferir nossa liberdade
Corrupção, censura, tortura, indústria do medo lucra
Política de massacre, milhões convertido em sepultura
Pólvora na unha no laudo do exame residuográfico
Continua protagonizando a cena no teatro do holocausto

[Roberto Du Gueto]
Aí político filho da puta, eu quero ver você no chão
Com a cara estourada, com tiros de oitão!
Ou com a cabeça arrancada, pra mim tanto faz!
Parceria forte: Político e satanás!
Eu tenho ódio sim! Estou seguindo sua cartilha
É você que nos oprime, instrui vermes na chacina!
Olha com nojo quando passa no corolla
Quer ver o gueto morto, trocando tiros com pistola!
Mas aí, se liga aí, que o retorno custa caro
Você planta o ódio pra colher caixão lacrado
E disso aí eu tô correndo, eu to firmão!
Se esquivando do seu jogo, rumo à revolução!
E a revolução tem que ser certa, sem pé pro inimigo!
Esquina, vielas, bares são pontos de extermínio!
Se fosse um do gueto que matasse vermes na esquina
No outro dia teria mais de 6 chacinas

Sedição, sublevação, contra toda autoridade
Na missão, com roberto du gueto, é sem massagem
Se eles não investem em educação pra fazer a revolução
Não vamo admitir a opressão interferir nossa liberdade
Corrupção, censura, tortura, indústria do medo lucra
Política de massacre, milhões convertido em sepultura
Pólvora na unha no laudo do exame residuográfico
Continua protagonizando a cena no teatro do holocausto

Compositor: Sedição, Roberto Du Gueto

Letra enviada por Sedicao Oficial

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Sedição no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS