Página inicial > Indie > S > Scatolove > Vizinhos de Porta

Vizinhos de Porta

Scatolove


Sopra à vontade
Já concretei meu sonhos
Pra ninguém derrubar

Troquei palhas por alvenaria
Espero um dia
Lobos e porcos
Vizinhos de porta

Enquanto isso a gente tenta
Se enverga sem quebrar

Porque a gente esquece da força
(Se deixa boicotar)
A mente às vezes tem umas ideias
(Só vem pra atrapalhar)
A mesma mão que enxuga o rosto
Pode erguer um lar tijolo por tijolo
Pra lobo nenhum soprar

Tenta à vontade
A vida é uma arquiteta, sabe o que faz

Troquei palhas por alvenaria
Espero um dia
Lobos e porcos
Vizinhos de porta

Enquanto isso a gente tenta
Se enverga sem quebrar

Porque a gente esquece a força
(Se deixa boicotar)
A mente às vezes tem umas ideias
(Só vem pra atrapalhar)
A mesma mão que enxuga o rosto
Pode erguer um lar tijolo por tijolo
Pra lobo nenhum soprar

Enquanto isso a gente tenta
Se enverga

Porque a gente esquece a força
(Se deixa boicotar)
A mente às vezes tem umas ideias
(Só vem pra atrapalhar)
A mesma mão que enxuga o rosto
Pode erguer um lar tijolo por tijolo
Pra lobo nenhum soprar

Tijolo por tijolo
Pra lobo nenhum so

Letra enviada por Fabrício

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Scatolove no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS