Solidão

Sara Não Tem Nome


Solidão, debaixo dos sóis, acima os anzóis
Percorrem por nós
Como posso não ver
Sentimental, ao ler o jornal
Acidentes com perda total
Ninguém é imortal
Pra se ter alguém pra chorar, algo a inventar
Um instante pensar se tudo é normal
Ao passar dos anos me perco nos dias
Que nem consigo sentir
São tantas pessoas que passam nas ruas
Sem saber onde ir
Não sei explicar a brisa do vento
As ondas do mar
Só sei dizer que sou só mais um, sou como você
Só sei dizer

Letra enviada por João Adolfo

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Sara Não Tem Nome no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS