Caduca

Sandrera


Pega o pato, pega o pato, pega o pato
Me gritava um matuto insistente
E sem falar do violão de 12 cordas
Que sempre me lembra a violinha do repente

Creme dental, fio dental
Não passa de uma bela porcaria
Calma seu dentista
Que é só na boca de quem não tem dente
Valei-me nosso Senhor das alturas
Proteja os artistas independentes!

Eu vou para a Barra
Vou cantar com Léo Maria
De noitinha até de dia
Vou varar o amanhecer

Vou para o senado
Com um cachorro invocado
Pra morder cabra safado
Quero ver qual deputado não vai correr
Eu quero ver esse planeta pegar fogo, Vó Bidica
Eu quero ver a loucura acontecer

Ultimamente só tomo banho de bacia
Pra não ver minha poesia
Pelo ralo escorrer
Tô bolando um chá de bom caráter e alegria
Pra servir lá em Brasília
Para os donos do poder
Eu quero ver esse planeta pegar fogo, Vó Bidica
Eu quero ver a loucura acontecer

Caduca velha caduca, caduca velha caduca
Meu cheque no Serasa vai caducar
Caduca velha caduca, caduca velha caduca
Mazaropi não é xarope pra tomar
Caduca velha caduca, caduca velha caduca
Lampião fez Al Capone se borrar
Caduca velha caduca, caduca velha caduca
Quem nasce povo nunca morre pop star
Eu quero ver esse planeta pegar fogo Vó Bidica
Eu quero ver a cultura acontecer

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Sandrera no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS