Samantha Machado

Ponta do Iceberg

Samantha Machado


"Remexa na memória, na infância
nos sonhos, nos tesões, nos fracassos
nas mágoas, nas esperanças mais descabidas
na fantasia mais desgalopada, na vontade mais homicida
no mais aparentemente inconfessável, nas culpas mais terríveis... "

Terríveis!
Terríveis!
Terríveis!

Olá, aqui quem fala é aquela voz
Que tu já escutou
Nos mais distintos timbres sonhos
E te dominou
A atenção por um segundo a mais
O que é melhor
É só a ponta do iceberg

Isso que você consegue ver
Não é nem a metade do que posso ser
Convém
Não lhe entregar tantos detalhes de bandeja
Pois eu não quero estragar toda surpresa

Bem!
Porém!

Tivemos antes que inventar outra maneira
De se esconder em coisas da vida corriqueira
Pra não dizer que eu passei a tarde inteira
Pensando em você
Agora de bobeira é normal

Ficar meio assustado
Com essa objetividade toda
Eu sei
Acontece que é só assim
Que eu sei lhe dar amor

É só assim que eu sei
Ou é oito
Ou é oitenta
Não tem meio termo
Não tem

Não, não, não, não, não

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Samantha Machado no Vagalume.FM

ESTAÇÕES