Chelas

Sam The Kid


Em Chelas, em Chelas Chelas é o sitio Chelas é o berço

Chelas o sitio onde eu moro
Procuro a verdade e a formação que eu devoro
Eu não ignoro, todo a espécie de pessoa
Oiço uma voz que ecoa na rotina que enjoa
É sempre a mesma coisa que se vive e que se passa
E o que mete graça é que não há nada que se faça
Queres droga vai à praça
É assim o sistema
Porque isto é real não confundas com o cinema
Tempos tão mudados
Tempos são alterados
Mas olhos continuam sempre atrás dos cortinados
E ficam na janela se for preciso uma noite inteira
Enquanto isso filho rouba-lhe o dinheiro da carteira
Aqui não podes ser otário, tu tens que ser bem vivo
E tem cuidado com o monarca do distintivo
A cara podre é o escudo que faz a distancia
Quando ele se quebra não existe a tolerância
Respondo e pergunto não escondo o assunto
Disfarço à parte pondo o sincero mais junto
O jovem sonha de perder a realidade medonha
Trabalho traz preguiça, preguiça traz vergonha
De onde é que vem a censura que eu não vejo o sensor
O que aprendi é que o talento não tem cor
Mostra-me a verdade que tu reveles porque a minha tu sabes que vem de Chelas

O sitio onde eu moro, o sitio onde eu vivo, o sitio onde eu paro e fico pensativo
Chellassss Chelasss Chelasssss
(X2)

Os dramas são vários com problemas diários
Se és falado por traz então caga nos comentários
Porque eu tenho um arsenal de desprezo
E tu não vês o teso indefeso porque sentiu o meu peso
Inconsciente do oriente pa tuga directamente
Eu acordo e sinto a brisa porque a rua é exigente
A minha inspiração surge numa noite escura
Na minha rua nem a passadeira é segura
E queres sabe-la? É Manuel Teixeira Gomes onde eu vivo e onde conheci muitos nomes
Uns bazaram outros baicaram mas ficam...
Na memória daqueles que não complicam
A variedade predomina há de tudo um pouco
Do consciente ao louco
Do que fighta com...
Ao que fighta com soco
Cuidado com o cusco.
Atento porque tenta qualquer movimento brusco
Chelas tá no sangue Chelas ta nos genes
Imagem ta igual banda sonora sirenes
Vejo pitas confusas com tusas
Constantes naquela do sexo vai fazer delas mais importantes
Mais elegantes
Mas não esse é o resultado
Inexperiência faz ela cair em qualquer corpo coitado
Eu penso se ela fosse minha mana Curtia que abrisse mais a pestana

O sitio onde eu moro, o sitio onde eu vivo, o sitio onde eu paro e fico pensativo
Chellassss Chelasss Chelasssss
(X2)

Sitio divido em zonas com letras do alfabeto
Zonas dividas em modos com mau aspecto
Chibaria em todo lado
Tem cuidado
Ambiente pesado para um mal habituado
Pitas querem ser senhoras, senhoras querem ser pitas
Tão bonitas cuidado é quem tu imitas
Os putos de hoje também querem crescer mais depressa
Mas quando crescem sabem que o tempo não regressa
Dá tempo ao tempo um dia vais perceber
A vida é fodida mas tenta vive-la com prazer
Mesmo que custe ao menos faz a tentativa
Tentar calar o mundo com outra prespectiva
Muitos feitios uns quentes outros frios
Alguns não se mexem outros aceitam desafios
Sem atrofios apenas algumas opiniões
Fazem comparações sem nenhumas instruções
Confusão nocturna num prédio silencioso
Agitação mental quando a zona ta em repouso
Reflexão enquanto acendo um borro
É aqui que eu nasço é aqui que eu morro

O sitio onde eu moro, o sitio onde eu vivo, o sitio onde eu paro e fico pensativo
Chellassss Chelasss Chelasssss (x3)
O sitio onde eu moro, o sitio onde eu vivo, o sitio onde eu paro e fico pensativo
Chellassss Chelasss Chelasssss (x3)
O sitio onde eu moro, o sitio onde eu vivo, o sitio onde eu paro e fico pensativo
Chellassss Chelasss Chelasssss (x6)
Chelas É O Sitio Chelas É O Berço (x2)

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Sam The Kid no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS