Sam Fender

Seventeen Going Under (tradução)

Sam Fender

Seventeen Going Under


Dezessete Going Under


Eu lembro que a doença era para sempre

Eu me lembro de vídeos de rapé

Setembros frios

As distâncias que percorremos

O punho briga na praia

Os Bizzies nos cercam

Faça tudo de novo na próxima semana


Amor embrionário

A primeira vez que causou uma cicatriz

Envergonhar-se por alguém

Chorando como uma criança


E o menino que chutou a cabeça de Tom

Ainda me incomoda agora

Isso é o que perdura

E te agarra quando você está para baixo


Eu estava com muito medo de bater nele

Mas eu iria acertá-lo em um piscar de olhos agora

Essa é a coisa com raiva

Implora para ficar por aqui

Para que possa tirar sua beleza

E deixa você sem nada para oferecer

Isso te faz machucar aqueles que te amam

Você os machuca como se eles não fossem nada

Você os machuca como se eles não fossem nada


Veja, eu passei minha adolescência com raiva

Espiralando em silêncio

E eu me armei com um sorriso

Porque eu sempre fui um palhaço do caralho

Enterrado em seu humor

Entre o ruído branco e os meninos dos meninos


Vestiário falando rapazes

Encharcado de bebida barata e cigarros maliciosos

Uma foto espelhada do meu velho

Oh Deus, o garoto é uma mãozinha

Cantor astuto, mas parece triste

Deus, a criança parece tão triste


Ela disse que a dívida, a dívida, a dívida

Então pensei em mudar de marcha

E como ela chorou e chorou e chorou

A sorte veio e morreu por aqui


Eu vejo minha mãe

O Dwp vê um número

Ela chora no chão sobrecarregada


Eu tenho dezessete anos indo para baixo

Eu tenho dezessete anos indo para baixo

Eu tenho dezessete anos indo para baixo

Eu tenho dezessete anos indo para baixo

Seventeen Going Under


I remember the sickness was forever

I remember snuff videos

Cold Septembers

The distances we covered

The fist fights on the beach

The Bizzies round us up

Do it all again next week

Embryonic love

The first time that it scarred

Embarrass yourself for someone

Crying like a child

And the boy who kicked Tom's head in

Still bugs me now

That's the thing it lingers

And claws you when you're down


I was far too scared to hit him

But I would hit him in a heartbeat now

That's the thing with anger

It begs to stick around

So it can fleece you of your beauty

And leave you spent with nowt to offer

It makes you hurt the ones who love you

You hurt them like they're nothing (Oh-oh-oh-oh Oh-oh)

You hurt them like they're nothing (Oh-oh-oh-oh Oh-oh)

You hurt them like they're nothing (Oh-oh-oh-oh Oh-oh)


See I spent my teens enraged

Spiralling in silence

And I armed myself with a grin

Cause I was always the fuckin' joker

Buried in their humour

Amongst the white noise and boys' boys

Locker room talkin' lads' lads

Drenched in cheap drink and snide fags

A mirrored picture of my old man

Oh God the kid's a dab hand

Canny chanter, but he looks sad

God, the kid looks so sad

God, the kid looks so sad


She said the debt, the debt, the debt

So I thought about shifting gear

And how she wept and wept and wept

Luck came and died round here


I see my mother

The DWP see a number

She cries on the floor encumbered

I'm seventeen going under

I'm seventeen going under (Oh-oh-oh-oh Oh-oh)

I'm seventeen going under (Oh-oh-oh-oh Oh-oh)

I'm seventeen going under (Oh-oh-oh-oh Oh-oh)

I'm seventeen going under (Oh-oh-oh-oh Oh-oh)


Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES