• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    ANARQUISTAS SIM, MAS NEM TODOS

    Hoje eu vou cantar, me acabar nessa canção...
    Meu Salgueiro em festa vem mostrar
    A influência de uma civilização
    Do sonho, nasce a realidade
    Em cada chão de uma cidade
    Em cada praça, em cada mão
    Itália fonte da civilidade
    Da cultura e da religião
    Com sua fé, conquistou a multidão
    Num momento tão divino
    O vinho tem a sua tradição
    O imigrante veio em busca de riqueza
    A colônia virou mito
    Nessa terra brasileira
    Se liga meu bem
    Vem nessa também
    O Salgueiro faz a massa
    E não tem pra ninguém
    A princesa
    Com a sua união
    Trouxe a arte
    Pra delírio da nação
    O teatro e o cinema
    O sindicato para a profissão
    Com o circo a magia
    Carnaval é alegria
    Sacode, meu povão
    A nossa emoção
    Tá solta no ar
    Vem meu amor se acabar
    O meu coração
    Não vai agüentar
    Ver essa galera delirar

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Salgueiro

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.