PĂĄgina inicial > Pop/Rock > R > Rude > Fantasma

Fantasma

Rude


NinguĂ©m me ouve, ninguĂ©m me vĂȘ
Eu sou da sombra, o sussurro, a lĂĄgrima a correr
Frio na espinha, beijo roubado
Por um momento, alguém ao seu lado..
Alguém...

Eu sou a gota que cai no mar
O sopro do vento que tenta te alcançar
Sou do silencio o pensamento
Viajo no tempo, corro o passado,
sou o perdĂŁo, sou sua culpa, o doce e o amargo
Veneno...

Como um fantasma
Te sigo sem vocĂȘ me ver
Me exorcizo em sua casa
Depois volto a me esconder

Como um fantasma
Ressuscito lembranças em vocĂȘ
Materializo suas taras
e permaneço em vocĂȘ
Como um veneno...

NinguĂ©m me ouve, ninguĂ©m me vĂȘ
Eu sou da sombra, o sussurro, a lĂĄgrima a correr
Frio na espinha, beijo roubado
Por um momento, alguém ao seu lado..
Alguém...

Eu sou a gota que cai no mar
O sopro do vento que tenta te alcançar
Sou do silencio o pensamento
Viajo no tempo, corro o passado,
sou o perdĂŁo, sou sua culpa, o doce e o amargo
Veneno...

Como um fantasma
Te sigo sem vocĂȘ me ver
Me exorcizo em sua casa
Depois volto a me esconder

Como um fantasma
Ressuscito lembranças em vocĂȘ
Materializo suas taras
e permaneço em vocĂȘ
Como um veneno...

Compositor: Rude, JoĂŁo Crahim e Sergio Knust

Letra enviada por Rude

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Rude no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS