É Meu

Rozeane Ribeiro

É Meu


Ficou a marca, mas eu estou de pé, eu não morri,
eu vou gritar para o inferno ouvir, eu não vou negociar,
porque o Senhor está em mim.
É Deus, quem vai me honrar, estou aqui,
esperando esse tempo se cumprir,
não é tempo de vergonha, é tempo de honra.
Tudo que Deus preparou pra minha vida,
o inimigo não vai roubar, nenhuma unha no Egito ficará,
tudo aquilo que Deus me prometeu, se cumprirá.
Enquanto eu não atravessar o mar, ele não se fechará.
Tudo que é meu comigo virá, das garras do inimigo Deus vai tirar.

Vai me devolver o que Deus me deu...
Vai me devolver o que Deus me deu...
Vai me devolver o que Deus me deu...
ele vai me devolver o que Deus me deu.

Refrão
É meu, é meu, é meu, o inimigo vai soltar o que Deus me deu
É meu, é meu, é meu, ninguém vai tomar o que Deus me deu
Ninguém vai tomar o que Deus me deu.

O inimigo quer negociar, todos os meus bens ele quer roubar,
com minha família ele quer ficar, todos os meus sonhos ele quer frustrar.
Não quer me liberar e quer negociar,
quer que eu deixe para atrás o que me faz cantar,
mas eu não me entrego, não me rendo não,
eu não dou um passo sem ter tudo em minhas mãos.

Refrão
É meu, é meu, é meu...

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Rozeane Ribeiro no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS