Página inicial > Samba > R > Royce do Cavaco > Em Grandes Sertões Veredas, o Elo Perdido se Achou

Em Grandes Sertões Veredas, o Elo Perdido se Achou

Royce do Cavaco


É paixão, emoção
Sou tom maior lá vou... Eu vou
Toque o fole sanfoneiro
Com amor!

Conta a teoria como tudo começou
Em grandes geleiras, navegando aqui chegou
O homem primitivo, os gigantescos animais
No berço da existência, são os nossos ancestrais
Brasil, serra da capivara nosso patrimônio
Piauí emergiu como um grande tesouro
Já dizia a previsão
Que o sertão vai virar mar, o mar já virou sertão

As sete cidades, que fascinação
Entre lendas e mitos, verdade ou ilusão
Vestígios de uma outra vida, antiga civilização

Chegaram à terra do sol, destemidos vaqueiros
A civilização do couro
Guerras, conflitos, com muita opressão
Foi assim a colonização
Com fé... A primeira cidade surgiu
Cajuína refrescou, esse povo vencedor
Nasce a menina dos olhos verdes
Teresina do meu coração

Bumba- meu-boi é folclore regional
Artesanato é riqueza cultural
Menino veio de lá, para em são paulo reinar
É de emocionar!
O seu sucesso trilhou, num arco-íris brilhou
Com frank aguiar, eu vou!

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Royce do Cavaco no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS