Ei!

Rosa de Saron

Gran Paradiso


Ei
Me olhe
Finge que não me negou
Vê que de repente
Seu rosto tão ausente
Parte o pouco do que sou
Importa-se onde vou?
Eu não pretendo ir tão longe
Então pesará menos
O muito que se quis
De onde estou
Me bastaria um aceno

Ei!
Me olhe
Me note
Me dê uma chance
Que eu já não sei
Por Deus, não sei
Quantas vezes eu tentei

Ei
Acorde
Pense que não se entregou
Crê no recomeço
Se fie no apreço
Nos dias de solidão
Adote uma lembrança
É que quando a saudade acorda
Aqui, ninguém mais dorme
Em vez de dispensá-la
Que tal tirá-la para dançar?

Ei!
Me olhe
Me note
Me dê uma chance
Que eu já não sei
Por Deus, não sei
Quantas vezes eu tentei

Eu passei
Você passou
Nós passamos
E nossa espera se mantém
E permanece sendo
Um verbo infinitivo de frustração
Não, não, diga-me que não vê
Meus pés indo embora

Portanto, ei!
Me olhe
Me note
Me dê uma chance
Que eu já não sei, por Deus, não sei
Quantas vezes eu, eu, eu
Me dê boa noite
Me cumprimente
Que eu já não sei, por Deus, não sei
Quantas vezes

Compositor: Guilherme de Sá

Letra enviada por Emanuelly Matias

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Rosa de Saron no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS