Tudo Para

Roberto Carlos

Pra Sempre: Década de 80


Quando a gente fecha a porta tanta coisa se
transforma
Tudo é muito mais bonito nessa hora
Entre os beijos que trocamos pouco a pouco nós
deixamos
Nossas roupas espalhadas pelo chão
E é tão grande o amor que a gente faz
Que em nosso quarto já não cabe mais
Pelas frestas da janela se derrama pela rua
E provoca inexplicáveis emoções

Tudo pára quando a gente faz amor
Tudo pára quando a gente faz amor
Porque alguma coisa linda invade os corações lá fora
Tudo pára quando a gente faz amor

As pessoas se sorriem e se falam
Se entendem e se calam no fascínio desse
instante
Passarinhos fazem festa nos seus ninhos
No momento em que sozinhos somos muito mais
amantes

E é tão grande o amor que agente faz
Que pelas ruas já não cabe mais
Se eleva pelos ares, toma conta da cidade
E felicidade é tudo que se vê

Os sinais se abrem mas ninguém tem pressa
E o carteiro olhando o Céu esquece até da carta expressa
Silenciam-se as buzinas, os casais fecham
cortinas
E o mar se faz mais calmo por nós dois

E é tão grande o amor que a gente faz
Que até os absurdos são reais
Pára o bairro... e a cidade nessa hora tão
feliz...
E é tanto amor que pára até o país

Tudo pára quando a gente faz amor
Tudo pára quando a gente faz amor
Porque alguma coisa linda invade os
corações lá fora
Tudo pára quando a gente faz amor

Tudo pára quando a gente faz amor
Tudo pára quando a gente faz amor
Tudo pára, tudo pára
Tudo pára quando a gente faz amor
Tudo pára

Compositor: Roberto Carlos - Erasmo Carlos

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Roberto Carlos no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS