Solamente Una Vez (tradução)

Roberto Carlos

Pra Sempre: Década de 70


Tão somente uma vez


Amei na vida

Tão somente uma vez

E nunca mais...

Uma vez, nada mais,

Em meus olhos

Brilhou a esperança,

Esperança, que alegra o caminho

Da cruel solidão...

Uma vez, nada mais,

Se entrega a alma,

Com a doce e total renunciação...

E quando esse milagre

Abre as portas do amor desejado,

Há alegria e festas

Que cantam, no meu coração!

















Solamente Una Vez


Solamente una vez

Ame en la vida

Solamente una vez

Y nada mas.


Una vez nada mas en mi huerto

Brillo la esperanza

La esperanza que alumbra

El camino

De mi soledad.


Una vez nada mas

Se entrega el alma

Con la dulce y total

Renunciacion.


Y cuando ese milagro realiza

El prodigio de amarse

Hay campanas de fiesta que cantan

En el corazon.


Una vez nada mas...


Y cuando ese milagro realiza

El prodigio de amarse

Hay campanas de fiesta

Que cantan

En el corazon.


Solamente una vez...

Solamente una vez...


Compositor: Agustin Lara / Waldomiro Bariani Ortêncio

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS