Negra

Roberto Carlos

Pra Sempre: Década de 70


Ela é negra, negra, negra, como a noite
Cor do meu cabelo liso
Cor do asfalto onde piso
E me leva aos braços dela
Ela é quente, quente, quente, como um dia de verão
Como o sol que eu peço tanto
Que me faça igual a ela
Pra que eu viva junto dela
Pra que eu tenha a mesma cor

Ah! Quem dera eu esquecer
Da minha cor tão branca
E me perder nessa ilusão tão pura
Nessa ilusão tão meiga, nessa ilusão tão negra

Negra
Nessa ilusão tão meiga
Negra
Nessa ilusão tão negra
Negra

Ela é quente, quente, quente, como um dia de verão
Como o sol que eu peço tanto
Que me faça igual a ela
Pra que eu viva junto dela
Pra que eu tenha a mesma cor

Ah! Quem dera eu esquecer
Da minha cor tão branca
E me perder, nessa ilusão tão pura
Nessa ilusão tão meiga, nessa ilusão tão negra

Negra
Nessa ilusão tão meiga
Negra
Nessa ilusão tão pura
Negra
Nessa ilusão, nessa ilusão tão negra
Negra

Compositor: Maurício Duboc - Carlos Colla

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Roberto Carlos no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS