Rivendell (tradução)

Rivendell


Rivendell


Adeus chamamos a lareira e salão!

Apesar de vento pode soprar ea chuva pode cair

Longe sobre a madeira e alta montanha


Para Valfenda, onde Elfos ainda habitar

Em clareiras sob a neblina caiu


Com inimigos à frente, atrás de nós temor

Até a última nosso trabalho ser passado

nossa missão acelerou, Nossa viagem feita


Para Valfenda, onde Elfos ainda habitar

Em clareiras sob a neblina caiu


Para Valfenda, onde Elfos ainda habitar

Em clareiras sob a neblina caiu

Através moor e resíduos que montamos com pressa

E para onde, então não podemos dizer


Raramente andaram os pés dos homens

Poucos olhos mortais já viu a luz

que está ali sempre, longa e brilhante


claro é a água de seu poço

O branco é a estrela em sua mão branca

Unmarred, é imaculada folha e terra

Rivendell


Farewell we call to hearth and hall!

Though wind may blow and rain may fall,

Far over wood and mountain tall.


To Rivendell, where Elves yet dwell

In glades beneath the misty fell,


With foes ahead, behind us dread,

Until at last our toil be passed,

our errand sped, Our journey done,


To Rivendell, where Elves yet dwell

In glades beneath the misty fell,


To Rivendell, where Elves yet dwell

In glades beneath the misty fell,

Through moor and waste we ride in haste,

And whither then we cannot tell.


Seldom have walked the feet of Men

Few mortal eyes have seen the light

That lies there ever, long and bright.


Clear is the water of your well;

White is the star in your white hand;

Unmarred, unstained is leaf and land

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS