Rise Against

To Them These Streets Belong (tradução)

Rise Against

Siren Song Of The Counter-Culture


Então olhe nos meus olhos, o que você deixou para trás se foi?(tão presioso)


Você pegou o que veio agora. Eu acho que é hora de se mexer (quando você diz)

Mas estes fantasmas retornam à vida como água e vinho

Andando através destas ruas que cantam canções e carregam sinais,

A estas ruas eles pertencem


Minha raparação dura a melhor parte da eternidade (eternidade)

Funcionando fora das mãos para contar o pecado dessa vontade dentro de mim (dentro de mim)

Sem este ódio, mas a solidão esta me deixando aqui nesta bagunça

de


Minhas mãos estão cobertas com sangue de anjos

Com as asas quebradas eles caem (Eu vi o dia acabar)

As nuvens escuras explodiram e o temporal de chuva caíu

Todos esses halos perdidos lavam-se afastando


A cabeça pendurada de humilhação. Que nós carregamos um peso que faz rastejarmos

Esse anos longos ditos como décadas de chamadas não-respondidas (chamadas não-respondidas)

Para uma mudança, porque todo dia nós deslizamos e caímos

Foram retrocedidos quando, nossos punhos apertam uma esfera


Minhas mãos estão cobertas com sangue de anjos

Com as asas quebradas eles caem (Eu vi o dia acabar)

As nuvens escuras explodiram e o temporal de chuva caí

Todos esses halos perdidos lavam-se afastando


Então olhe nos meus olhos, o que você deixou para trás se foi?

(Tão presioso)

Você pegou o que veio agora. Eu acho que é hora de se mexer (quando você diz)

Mas estes fantasmas vêm vivos como água e vinho

Andando através destas ruas que cantam canções e carrega sinais,

A estas ruas eles pertencem


Então olhe nos meus olhos, o que você deixou para trás se foi?

(Tão presioso)

Você pegou o que veio agora. Eu acho que é hora de se mexer (quando você diz)

Mas estes fantasmas vêm vivos gostando de água e vinho

Andando através destas ruas que cantam canções e carregam sinais,

A estas ruas eles pertencem

To Them These Streets Belong


so look in my eyes, what will you leave behind once you've gone? (so precious)

you got what you came for now I think its time to move on (when will you say)

but these ghosts come alive like water and wine

walk through these streets singing songs and carrying signs,

to them these streets belong


my atonement lasts the best part of eternity (eternity)

ran out of hands to count the sin that breeds inside of me (inside of me)

not this hate but the loneliness has left me here into this mess of


my hands are soaking in the blood of angels

on broken wings they collapse (will I see the break of day)

dark clouds exploded and torrents of rain fell

all these lost halos wash away


head hung from shame we bear a weight that brings me to a crawl (to a crawl)

these years of longing tell of decades of unanswered calls (unanswered calls)

for a change, cuz everyday we slip and fall

kicked while were down, our fists clenched into a ball


my hands are soaking in the blood of angels

on broken wings they collapse (will I see the break of day)

dark clouds exploded and torents of rain fell

all these lost halos wash away


so look in my eyes, what will you leave behind once you've gone? (so precious)

you got what you came for now i think its time to move on (when will you say)

but these ghosts come alive like water and wine

walk through these streets singing songs and carrying signs

to them these streets belong









Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS