Página inicial > Sertanejo > R > Rionegro & Solimões > No Mesmo Lugar(coisa Estranha)

No Mesmo Lugar(coisa Estranha)

Rionegro & Solimões

Do Jeito Da Gente


Nem mesmo outro rosto bonito me faz te esquecer
Nem mesmo o sabor de outra boca te substitui
Nem mesmo o melhor dos momentos no braços de alguém
Fará com que eu seja outra vez o mesmo que fui
A vida tem horas dificeis pra gente passar
Pedaços quase impossiveis de se entender
Por que uma coisa estranha marcou nosso fim?
Um cara qualquer foi tirá-lá de mim
Se nem mesmo Deus me tirou de você
Me sinto pregado em você que já é minha cruz
Nem mesmo com mil orações consequi me livrar
Você se livrou facilmente e saiu por ai
Eu saio, porém eu me sinto no mesmo lugar
A vida tem horas dificeis pra gente passar
Pedaços quase impossiveis de se entender
Porque uma coisa estranha marcou nosso fim?
Um cara qualquer foi tirá-la de mim
Se nem mesmo Deus me tirou de você ...

Compositor: Darci Rossi/marciano

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Rionegro & Solimões no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS