Medo da Chuva

Rionegro & Solimões


É pena que você pense que sou seu escravo
Dizendo que sou seu marido e não posso partir
Como as pedras imóveis na praia
Eu fico ao seu lado sem saber
Os amores que a vida me trouxe eu não pude viver
Eu perdi o meu medo, o meu medo
O meu medo da chuva
Pois a chuva voltando pra terra traz coisas do ar
Aprendi o segredo, o segredo
O segredo da vida
Vendo as pedras que choram sozinhas no mesmo lugar
Vendo as pedras que choram sozinhas no mesmo lugar
Eu não posso entender tanta gente aceitando a mentira
De que os sonhos desfazem aquilo que o padre falou
Porque quando eu jurei meu amor
Eu traí a mim mesmo, hoje eu sei
Que ninguém neste mundo é feliz tendo amado uma vez, uma vez

Compositor: Raul Seixas e Paulo Coelho

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Rionegro & Solimões no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS